22 de jul de 2008

"Cada anel do guizo de uma Cascavel significa um ano de sua vida" - MITO

Você já ouviu falar nessa história?
Pois isso é mais um dos muitos mitos existentes no mundo rastejante!
-Mas esse mito tem alguma verdade?
Sim. A quantidade de anéis tem SIM a ver com a IDADE, mas não necessariamente cada anel corresponde a um ano de vida.
Vamos explicar isso melhor então:
Um guizo é formado por muitos anéis, e cada anel é formado durante uma troca de pele. Se levarmos em conta de que uma cascavel pode trocar de pele mais de uma vez por ano, ou até mesmo um anel pode se quebrar, chegaremos então que é mais um dos muitos mitos, e neste caso falso.
















Foto: Exemplo de guizo de uma cascavel.


5 comentários:

Serpentes do Cerrado disse...

O guizo ou chocalho corresponde a uma ecdise ( troca de pele ) porem está mais que provado que não é em todas as ecdises que a Caudisona( cascavel ) receberá um anel .Por ano estas serpentes realizam em média 4 ecdises podendo ou não receber os anéis de cada muda. Em relação a idade pode se dizer que tenha a ver quando comparamos 2 exemplares com tamanhos iguais e observamos que um possui um guizo menor no qual o anel da base até o da ponta forem diminuindo , significa um animal jovem em período de crescimento.Um exemplar com vários anéis do mesmo tamanho significa um individuo com crescimento lento , indicando maior idade.

Anônimo disse...

O guizo ou chocalho não corresponde uma ecdise ou muda,porque depende da idade,se a serpente for mais nova pode varia de 4 a 6 ecdise por ano,e se tiver mais de dois anos pode ocorrer 1 ou 2 ecdise.Isso vai de acordo com fator de ambiente e alimentação,uma Crotalus(cascavel)em ambiente favoravel com um ano pode trocar de muda ate 6 vezes.O guizo ou chocalho em serpentes mais novas pode dizer que em 4 ecdise forma um guizo,e em serpentes mais velhas demora mais a forma o guizo,porque a ecdise vai ser mais escacio...

Serpentes do Cerrado disse...

Bom ,não sei como fui interpretado ou houve falha em minha explicação, mas a nova nomenclatura não é mais crotalus durissus e sim Caudisona durissa ( gênero e espécie revisados )assim como uma Bothrops jararaca agora é Bothropoides jararaca ,a quantidade de ecdises entre 4 a 6 da a impressão de que é exatamente estes numeros , mas há individuos que realizam 2, 3, 7,8 , 4 é a média geral sem aplicar valores exatos(que de 1 a 8 =4)quando aos aneis 4 ecdises podem ou não receber aneis , tanto pode receber 1 quanto os 4 , ou mesmo nenhum , e o formato é sim o indicador de jovem e velho , se pegarmos um guizo com 4 aneis em formato um pouco triangular é um exemplar jovem e um com 4 guizos com formato mais retangular é um exemplar mais velho.Isto aprendi com herpetologos e não no google.Gostaria de saber onde errei para meu melhor entendimento , e por gentileza poderia sair do anonimato pois ficaria melhor para trocar informações.
Abraços

aradany007 disse...

Oi, por favor, vc sabe me dizer quem fez a revisão sobre Crotalus durissus que agora recebe a denominação de Caudisona durissa?Sei que a minha pergunta não tem muito a haver com a questão inicial - guizo da cascavel, mas se puder me responder

Serpentes do Cerrado disse...

Segue o link da revisão :
http://www.4shared.com/file/147087731/76b1828f/Crotalus_and_Sistrurus_-_Revision_-_Hoser__2009_.html