31 de jul de 2008

Mamba negra

Estava eu conversando com meu amigo Isaac sobre o que postar hoje, e acho que nada melhor do que falar da Mamba.

Black Mamba, Mamba Negra ou Mamba Preta, nomes dados à Dendroaspis polylepis, talvez a serpente mais temida do mundo todo. Serpente Africana, cujo veneno neurotóxico paralisa as funções Neuromusculares, ou seja, impede que o cérebro mande os comandos de movimento para os músculos, fazendo a vitima ficar completamente paralisado e em muitos casos causa morte por bloqueio dos músculos respiratórios. Uma vitima humana sem tratamento médico imediato pode morrer em 20 minutos até 4 horas, dependendo do local da picada. Outra característica que a faz uma das mais temidas do mundo é o fato dela chegar a 4,5 m de comprimento, sendo assim a segunda maior serpente peçonhenta do mundo a seguir à Cobra-Rei (Ophiophagus hannah), e também de ser a serpente mais rápida do mundo, capaz de se deslocar a 20km/h.

Curiosidade: O nome "Mamba Negra" não foi dado pela sua coloração, e sim por ter a boca toda preta por dentro.

A Mamba é uma serpente normalmente terrestre e de habito diurno, dormindo a noite em buracos e tocas, e sua alimentação consiste em animais de sangue quente (aves, roedores e lagartos). Ela é ovípara, e coloca no verão de 12 a 18 ovos, e cerca de 3 meses depois nascem filhotes com cerca de 20cm. Sua expectativa de vida é em media de 12 anos.

Existem muitos mitos a respeito da Mamba, alguns até sem cabimento algum, mas queria colocar aqui dois que me chamam muito a atenção:

-"A Mamba é a única serpente que corre atrás das pessoas para atacá-las?"
Não. Nenhuma serpente no mundo corre atrás de pessoas para atacá-los, isso é um mito que nunca foi provado. Muito pelo contrario, vários pesquisadores, inclusive no canal Animal Planet já fizeram o teste de entrar no meio do caminho de uma mamba, e por incrível que pareça.......Ela não correu atrás de ninguém.

-"A Mamba gosta de matar?"
Não. Ela como qualquer outro animal e inclusive nós seres humanos, apenas gosta de seu território, e se alguém tentar invadir vai tentar impedir de certa forma. Elas não sentem prazer nenhum em matar pessoas, inclusive é pouco lógico pensar que nós temos mais medo delas do que elas de nós.


Classificação científica

Reino: Animália
Filo: Chordata
Classe: Reptila
Ordem: Serpentes
Família: Elapidae
Género: Dendroaspis
Espécie: D. polylepis

Nome binominal: Dendroaspis polylepis



30 de jul de 2008

Por que não no Brasil?

Devido minha internet muiiiiiito lenta, eu estou a 3 dias tentando postar um video aqui mas não consigo. Então vou deixar o link do video. O video mostra uma loja de animais e que começou com serpentes brasileiras. No final o criador fala, "Por que não no Brasil?". E fica minha pergunta: Por que não no Brasil?

http://www.youtube.com/watch?v=yRVQdSyyMNs


27 de jul de 2008

O que fazer após levar uma picada de uma serpente peçonhenta?

-O que fazer?
* A primeira coisa a ser feita, é solicitar o socorro médico com urgência.
* Mantenha a vitima deitada.
* Compressas de gelo retardam o efeito do veneno.
* Lave o local apenas com água ou água e sabão.
* Ofereça água para a pessoa beber.
* Se possível leve a serpente para identificação.


-O que não fazer?
* Não faça torniquete
* Não faça cortes ou incisões.
* Não dê álcool a vitima, nem comprimidos.
* Não coloque café, folhas, urina, ou qualquer remédio caseiro no local da picada.

Acidentes com serpentes podem matar! Cuide-se, NUNCA se aproxime de uma serpente sem a identificação feita por um profissional.



24 de jul de 2008

"Encantador de serpentes" - MITO

É incrível como tantas pessoas acreditam nisso, porém vamos desmascarar este mito agora.


Foto: Exemplo de um "encantador" de serpentes.








Primeiramente, todas as serpentes são SURDAS. Elas não possuem tímpano ou ouvido externo, então o único jeito dela "escutar" é sentindo as vibrações do solo.


Curiosidade: Um teste provando isso foi feito no canal Animal planet, onde o biólogo colocou dois celulares perto de uma Cascavel (Um pra tocar e outro no modo vibratório). E ligou para o que estava com o som ligado... Nada aconteceu!
Quando ele ligou para o que estava em modo vibratório, na mesma hora ela se ergueu e começou a fazer seu barulho característico com seu guizo.

-Então como elas levantam e “dançam” no ritmo da música?
Simples. No momento em que o "encantador" começa a tocar sua flauta, ele abre a tampa de onde a serpente está, e logicamente sua reação é se erguer. Alguns colocam urina de rato na ponta da flauta para elas se concentrarem ali. O movimento que ela faz é simplesmente acompanhando a flauta, que é balançada de um lado pro outro pelo “encantador”.

Resumindo: Não existe encantador de serpentes, isso é apenas mais um mito, e nesse caso: Falso.



23 de jul de 2008

Corn snake

A Pantherophis guttatus, era anteriormente chamada Elaphe guttatus, e tem como nome comum "Corn snake". Ela possui muitas variações com cores e algumas características diferentes, porém não vou detalhar sobre essas variações nessa matéria.




FOTO: Exemplo de padrões de Corn snake, retiradas do flogão serpentescomopet.






Seu nome traduzido significa cobra do milho, e ela tem esse nome por que elas se alimentam de ratos, e geralmente vivem em milharais os caçando.
É uma serpente áglifa e muito mansa, geralmente aceita bem o manuseio. Normalmente tem hábitos diurnos ou crepusculares, consoante as temperaturas. Geralmente, na Primavera são diurnas e no Verão são noturnas.
A média de tamanho é entre 80 – 150 cm, e seu tempo de vida varia entre os 10 e os 18 anos..

Curiosidade: há registro de Corn snake que atingiu os 21 anos e 9 meses.

O comprimento do terrário deve ser de pelo menos ¾ do tamanho da serpente, a largura deve ter pelo menos 1/3 do tamanho do animal e ter uma altura boa, que pode ser a metade do tamanho do terrário. O substrato pode ser jornal, papel toalha, grama artificial, carpete, etc. A temperatura deve ser entre 26 e 28 ºC, descendo um pouco a noite. E a umidade ideal é em media 60%. SEMPRE troque o substrato quando o animal defecar. O terrário também deve ter um pote de água grande o suficiente para ela ficar com o corpo todo dentro caso queira. Deve ter também uma toca, esconderijo, ou algo assim, que pode ser feito de caixas ou ser feito de acordo com sua criatividade. E também deve ter um galho (ou mais de um), para ela se exercitar.


Ela se alimenta principalmente de camundongos, mas podendo variar. A alimentação deve ser feita na media de uma vez por semana, e quanto menor for a serpente, menor será sua presa. A alimentação deve ser feita fora do terrário, pois corre o risco de ela engolir pedra, madeira, areia ou outras coisas junto com a comida.

A Corn snake é ovípara e produz cerca de 20 ovos por vez, e quando eclodem dão origem a filhotes de cerca de 20 cm.


A Corn é talvez a mais indicada aos iniciantes, pois ela não fica muito grande, geralmente se alimenta com facilidade, aceita bem o manuseio, e é bem mansa.

PS: Devemos lembrar que no Brasil é proibido a criação de Corn snake em cativeiro, e o blog não incentiva ninguém a compra ilegal de animais.


22 de jul de 2008

"Cada anel do guizo de uma Cascavel significa um ano de sua vida" - MITO

Você já ouviu falar nessa história?
Pois isso é mais um dos muitos mitos existentes no mundo rastejante!
-Mas esse mito tem alguma verdade?
Sim. A quantidade de anéis tem SIM a ver com a IDADE, mas não necessariamente cada anel corresponde a um ano de vida.
Vamos explicar isso melhor então:
Um guizo é formado por muitos anéis, e cada anel é formado durante uma troca de pele. Se levarmos em conta de que uma cascavel pode trocar de pele mais de uma vez por ano, ou até mesmo um anel pode se quebrar, chegaremos então que é mais um dos muitos mitos, e neste caso falso.
















Foto: Exemplo de guizo de uma cascavel.